Benefícios




O benefício de estar calado,é soar misterioso.
E alguém que eu sei exatamente quem foi,mas prefiro não citar,disse que tinha a alma prolixa,
mas usava palavras simples.
Acho que minha má fortuna está em ser prolixa contendo uma alma,comedidamente simples.
O benefício de falar muito é a amarração,muito embora isso deixe de fazer sentido quando percebesse que a desconstrução é muito melhor que a ordem.
Uma certa alteração de quadros sempre funciona como uma nota angustiante tocada erroneamente.
Tenho que dizer,que aquela hora da noite eu tinha poucas cores para pintar a rua e no entanto a noite parecia satisfatoriamente bela e aguda,quase um espinho numa almofada de veludo...
Eu não podia simplesmente ignorar certas idéias por mais sem nexo que pudessem parecer.
As idéias imploravam por um porta voz e todos os verdadeiros porta vozes pareciam estar dormindo naquele momento,por isso,eu me encarregaria de tudo,claro que com menos proeza,mas com igual voracidade...
Talvez eu dissesse tudo aquilo por precisar daquele olhar cansado que pedia ainda que sem nada..." fique".
Ou então porque minha alma alimentava-se de poesia e desconstrução e eu esperava suas palavras,porque eram as únicas palavras em preto e branco em um mundo colorido.
E esse mundo havia perdido as matizes,a saturação original e todas as sua nuances jornalísticas...
Só ele poderia me tirar dessa busca por atitudes cheias de benefício.


O único problema:


Meus dedos não me obedecem.

2 comentários:

bliss 28 de dezembro de 2009 03:07  

"I miss the comfort in being sad"

ana carla 30 de dezembro de 2009 20:39  

O benefício de estar calado,é soar misterioso.
O benefício de falar muito é a amarração.
Adoro como soam as verdades vindas daqui!

Postar um comentário

ahn?

Seguidores