Mirror




Olhando-me,
Percebo que minha pele mudou,
Meus olhos mudaram,
Meu coração dilata menos.

Sou apenas memória.

2 comentários:

ana carla 30 de dezembro de 2009 20:28  

sê memória que jamais se esquece.
você muda, evolui, estranhece, e eu continuo a encantar-me :)

bliss 3 de janeiro de 2010 18:15  

corações de pedra ao menos tentam pulsar?

Postar um comentário

ahn?

Seguidores